terça-feira, 25 de novembro de 2014

Interpretações equivocadas



Liberdade? Palavra nobre que contém em si uma enorme quantidade de interpretações. Aliás vivemos num mundo de interpretações, um mundo onde estar certo nem sempre é o suficiente para se ter o que é de direito. Um mundo onde há uma enorme confusão entre liberdade e libertinagem. Um mundo constituído de humanos que acertam e erram, mas sobre tudo um mundo de seres racionais. Bom... A verdade é que quando as coisas simples se tornam complicadas, até mesmo aquele cidadão que atravessa na faixa de pedestres em algum momento poderá ser julgado errado por um motorista enfezado e desinformado. Mas a verdade mesmo é que a tal da "interpretação" nos condena a sermos complacentes em alguns momentos da vida.

E a liberdade?

Segundo o site dicio.com a liberdade é: "Nível de independência absoluto e legal de um indivíduo, de uma cultura, povo ou nação, sendo nomeado como modelo (padrão ideal). Estado ou particularidade de quem é livre; característica da pessoa que não se submete. Estado da pessoa que não está presa..."

Podemos entender então que liberdade nada mais é do que ser livre. Simples não é mesmo? Sim. Porém quando há a tal da interpretação, a liberdade se transforma em libertinagem. Lamentável? Inacreditável? Acredite ou não, infelizmente vivemos num mundo assim.

Embora estejamos inclusos neste universo, ainda assim diante da nossa realidade é possível ser feliz com liberdade.

Comentar

Pensar bem faz bem!
Fernando Lapolli

Vem aí uma super novidade, saiba mais
(Imagem meramente ilustrativa, capturada na internet: crédito desconhecido)

9 comentários:

>>> Por gentileza informe o seu nome no final de seu comentário.